21 de outubro de 2008

AS CRÔNICAS DO GATO E O COELHO - PRELÚDIO - FINAL DO AMANHÃ



A terra clama por seu sangue, por sua mágua, suas feridas e seus pecados, porém o céu intercede por sua alma.
Enquanto há fogo, ele consome o que há para se consumir; porém a noite se dissipa com o primeiro raio de sol.
Este é o tempo que o Tempo jamais esquecerá.
A guerra que as pedras e as montanhas temiam finalmente chegou.



- Vinicius Neves
Postar um comentário