10 de junho de 2009

A COMPLEXIDADE SIMPLES


Como aconteceu, quando aconteceu, onde aconteceu, nada disso importa mais.
Não importa como te conheci, não importa como chegamos até aqui, não importa os desafios que tivemos que passar.
O importante é que finalmente você está do meu lado.
Por mais que as diversidades sejam grandes, elas não chegam nem perto de algo que possa realmente nos atrapalhar. Porque o que temos é maior do que qualquer outra coisa.
Sempre fui receoso pra falar o que realmente sinto, havia uma barreira entre eu e o mundo; mas você me fez vencer todos os receios, todas as dificuldades, todas as travas que me impediam de um dia falar de todo o coração.
E é isso o que eu sinto agora.
Meus dias não tem graça sem te ver, sem te abraçar, sem te beijar, sem te ver sorrindo pra mim.
Cometi alguns erros no passado, mas hoje eu entendo o porque disso, foi para que eu estivesse preparado para esse momento; que se chama "Dia a Dia" com você.
O que vamos fazer de agora em diante? A nossa vida nesse momento é um livro com poucas páginas escritas, apesar dos anos que se passaram; pra mim tudo isso não passa do primeiro capítulo, e as centenas de folhas que vem pela frente estão em branco, e não me importa que seja assim desde que quem vá escrevê-las serão você e eu.
Eu durmo sentindo o seu cheiro no meu travesseiro, encontro seus fios de cabelo pela casa e nas minhas roupas, não canso de ver nossas fotos juntos, e sempre que faço tudo isso há sempre um riso no canto dos meus lábios.
Eu poderia simplesmente te dedicar uma música, mas todas as músicas de amor falam de nós dois. Então qual escolher? As que eu escrevi pra você? Por mais que sejam bonitas, elas não chegam nem perto do que eu realmente quero para a nossa vida.

Posso estar usando palavras simples pra expressar isso tudo, mas é porque apesar do meu sentimento ser muito grande e complexo, o resumo é muito simples:

Eu te amo, te amo mesmo, muito.


- Vinicius Neves

7 comentários:

Caio Coletti disse...

Uau, você escreve muito bem! Parabéns pela desenvoltura, vou passar a acompanhar seu blog e ter o prazer de ler textos tão bons, sinceros e emocionantes quanto esse. Parabéns mais uma vez!

Abraço

P.S.: Aliás, se vc se interessar, passa lá no http://ocontodogalo.blogspot.com/, é um blog que eu tenho para publicar textos de outras pessoas, vc seria bem-vindo por lá!

Bor =) disse...

Meu amor... Você não tem noção do quanto eu fiquei feliz ao ler tudo isso, o quanto eu gostei dessa surpresa... Queria poder te dizer algo, tanta coisa pra falar... mas realmente você me deixou sem palavra alguma... Espero poder te mostrar na sexta-feira o quanto eu te amo e o quanto isso tudo é recíproco, o quanto você me faz feliz, o quanto você mudou a minha vida, e ela não seria a mesma se eu não tivesse você no meu "Dia a dia"... EU TE AMO BOR!

Alan Salgueiro disse...

Sincera declaração e bela. Época boa para tal!

Vi disse...

O amor é sempre tão clichê, e tão bonito...

André Prutki disse...

casseta ....

curti o texto hein manou ....


q dah hora ..... oa mor eh da hroa com a pessoas certa, q bom q vc encontrou a sua

bjus ....

Caio Coletti disse...

Vinícius, foi mal a demora, mas esses dias eu estava meio ocupado... acabei de escolher um texto daqui pra por no O Conto do Galo, o nome é "Menina do Balaio"... estou preparando o post, provavelmente amanhã ou hje msmo ele estará por lá, certo?

Abraço

Anônimo disse...

-O importante é que finalmente você está do meu lado.Eu te amo, te amo mesmo, muito.


X

-E que aquele amor que me foi passado era como o meu. Mentira.
Hoje vejo o mundo. De verdade. Era cego por opção.

que contradição não?