17 de julho de 2009

VENDA NOS OLHOS


Não importa o que eu faça, certas coisas nunca vão mudar.

Talvez tenha sido um erro pensar que só o meu sentimento poderia fazer alguém ser melhor, quando na verdade estive cego pela luz que meu amor emanava.
Não pude ver o que se escondia atrás da graça angelical que eu enxergava.
Os sorrisos, os momentos, as palavras doces, os momentos íntimos, as noites juntos, as dificuldades ultrapassadas, tudo seria uma grande mentira?
Qual o valor de se dar valor?
Eu achava que podia voar, fiz de tudo para poder voar. Porque é isso que a gente faz quando quer agarrar um anjo.
Sei que algo maior tentou me agarrar pelos pulsos para que eu não caísse de cara no chão. Porque é isso o que pode acontecer quando se deixa levar pelo desconhecido.
Não posso culpar ninguem pelos meu atos, eu escolhi o que achava que deveria escolher, não me limitei a preocupações.
Mas por algum motivo, é como se eu tivesse me livrado de um grande peso que carregava nas costas. Talvez por isso eu não tenha conseguido voar. Algo sempre esteve errado. E eu me fechei pra isso, porque fui ingênuo em pensar que o meu amor poderia mudar tudo. E que aquele amor que me foi passado era como o meu. Mentira.
Hoje vejo o mundo. De verdade. Era cego por opção.
Hoje entendo bem melhor tudo o que fiz e o que deixei de fazer.
Desculpas não são o bastante para expressar que errei com todos à minha volta, só estava tentando ser um daqueles protagonistas felizes de filmes de romance.
Eu acreditei que tudo isso fosse uma livro, uma história bonita de amor que ainda seria lida por muitas pessoas, que inspiraria o coração dos jovens, que trouxesse lembranças no coração dos idosos, que daria esperança para os adultos.
Quando se quer escrever um livro, é necessário encontrar a história certa com os personagens certos.
Quando se tem certeza das coisas, é necessário obter a certeza de sua certeza.
Quando se tem uma venda nos olhos por muito tempo, dá pra enxergar muito melhor depois que se tira a venda.

- Vinicius Neves
Postar um comentário