18 de dezembro de 2009

PALAVRAS NO AR


Me sinto bem quando estou ao seu lado
Transforma meu dia em um jogo de dados
Trasborda minha alma e alivia o meu fardo
Faz de mim além de poeta, um feliz bardo

Para cantar, representar, demonstrar
O que ha entre nós e o que há em mim
Pois nada disso pode demorar
E nada que existe aqui dentro há de ser ruim

Encontro em teus braços refúgio
Encontro em teus lábios deleite
O caminho que me leva para longe de você, eu fujo
Enquanto eu respirar, para ti serei transparente

Quero jogar no ar palavras que formem coisas belas sobre você
Quero escrever na areia algo que não possa ser tragado pelas ondas
Quero jogar todas as vezes sem nunca poder perder
Enquanto eu estiver de olhos abertos, que seja tudo o que eu possa ver.


- Vinicius Neves
Postar um comentário