8 de abril de 2010

MAL POSSO ESPERAR


Eu mal posso esperar
Pra te ver de perto, te abraçar
Dar um daqueles beijos que te fazem rir
Que te deixam sem ar

Sentir teu cheiro na minha camiseta pelo resto do dia
Tirar seus cabelos do caminhos de nossos lábios, assim como tiro o receio de recomeçar em nossas vidas
Envolver teu corpo em meus braços para te esconder do que te incomoda

Transformar e transbordar
Ter aversão a qualquer inversão de tais sentimentos
Beijar cada parte de teu corpo e crer que esse é o remédio para todos os males que venham te afligir
Porque olho dentro de teus olhos e só sei fazer uma leitura do quão belo são nossos momentos juntos refletidos em grandes pedras castanhas

Tua voz me conforta
Tua presença me acalma
Teu pescoço me faz perder a noção
Noção da qual ja perdi tambem
Noção da qual nem faz mais falta
Não soma nem subtrai
Como se não bastasse me perder ao te olhar
Meu juizo se esvai.

- Vinicius Neves
Postar um comentário