29 de junho de 2010

TE MOSTRAR



Eu gosto de ser como eu sou
Pra não bater com a cara no muro
É necessário olhar adiante
Mesmo que às vezes pareça inconstante

Posso não ser fácil de lidar
Embora muitas vezes eu simplesmente esqueça
De tantas coisas soltas pelo ar, são as virtudes que eu quero mostrar

Eu sou aquele que quer te ver sorrir
Por só um dia, e todos que vem a seguir
Apenas veja que eu sempre estive aqui
Como eu posso te mostrar?

Sei que não sou fácil de entender
Mas não há o que entender quando estou com você
Nesse mundo há tanto pra aprender
Sempre um bom motivo pra continuar a viver

E me perdoe pelas besteiras que eu digo
É que apenas não sei expressar como me sinto
Apenas veja que simplesmente, nunca minto
Como eu posso te mostrar?

Quero jogar no ar palavras que formem coisas belas sobre você
Quero escrever na areia algo que não possa ser tragado pelas ondas do mar
Quero jogar todas as vezes sem nunca, nunca, nunca perder
Enquanto eu estiver de olhos abertos, que seja tudo o que eu possa ver



- Vinicius Neves
Postar um comentário