21 de fevereiro de 2011

UM TIRO NO ESCURO





Como um dia quente em uma semana fria, você me surpreende e me agrada
Horas que eram gastas pelas solas de meus sapatos, enquanto por seu sorriso procurava
Rendendo-me ao poder maior que vem para ofuscar e fazer enxergar
Inspirado pelo reles desejo de um dia poder te tocar
Sinto que posso desferir um golpe contra mim mesmo ao expressar tais palavras
Talvez eu devesse me limitar a olhar-te, o que já está de bom grado, isso me dá asas
Inteiro ou em pedaços, me destruo e renasço, pensando em teu sorriso
Amando os teus traços
Natureza que brota em chão vazio e desbotado
Entraves de minha alma que são agora desdobrados

Hoje posso erguer meus olhos para os céus e deixar meus joelhos cederem ao poder maior
Enquanto meu rosto se rebaixa ao pó, meu coração se dirige a um lugar melhor
Retiraria todo o peso de suas costas, se eu tivesse a oportunidade
Gerar teu alivio com minha voz, minha alma, minha felicidade
Ouça minhas palavras e por favor, guarde-as sem repressão
Viole as janelas de minha alma e deixe que eu limpe seu coração
Insisto que posso unir tudo isso a uma força de vontade sem fim
Centralizar as melhores coisas em você com tudo que há de melhor em mim.


- Vinicius Neves
Postar um comentário