30 de abril de 2011

A ESTRELA E O RELICÁRIO


Se eu pudesse alcançar esta estrela
Tamanha luz, com tanta clareza, cheia de beleza
Diria a Deus que minha vida finalmente se completou
Finalmente afirmar que meu coração se transformou

Conheço este sorriso, ele nunca foi diferente
Me tira as palavras ao me bater de frente

Ela espera por um amor e estou procurando por ela
Faze-la minha princesa, minha rainha, minha donzela
Minhas mãos escreveriam somente pensando naquele olhar
Minha voz cantaria apenas o tanto que vou te amar

O choro existiria apenas para a felicidade
A magoa será algo riscado de nosso dicionário
De braços abertos afirmo que isto é verdade
Teu coração eu guardaria para sempre em meu relicário.


- Vinicius Neves

6 comentários:

Carla Perdigão disse...

Pura poesia... uma delicadeza sem fim, parabéns!

João Paulo Sousa disse...

Muito bom,Adorei este trecho : "Se eu pudesse alcançar esta estrela
Tamanha luz, com tanta clareza, cheia de beleza"

Muito bom os outros textos também ^^

Jéssica Moura disse...

Linda demais esse texto, a fotinha então.
Parabens pelo blog viu?!
to te seguindo já.

ah acabei de postar dicas de como ser criativo na fotografia, passa lá!
www.jmphotosnet.blogspot.com

Maggie disse...

poxa, só me resta dizer parabéns! :D

seguindo :)

http://muffinsechocolate.blogspot.com/

gabriell de minno disse...

cara vc esteve recentemente em meu blog e fez algumas criticas as quais me apeguei muito e estou tentando melhorar meu blog ate conseguir colocar em pratica a ideia fisica de uniao das tribos
por isso gostaria que vc me congratualizasse com uma nova visita em meu blog e diga se o novo visual dele se enquadra com o que estava em sua mente


desde ja att;
Gabriell de Minno
Antonio Julio de O.
http://gabrielluniaodastribos.blogspot.com/

Vanessa Lopes disse...

Lindo poema Vini.. como todos são...lindo demais.