1 de novembro de 2011

A MINHA PENA


Você é a minha pena
Não quero nem discutir
Às vezes inventa
Desculpas para me fazer rir

Talvez não entenda
Palavras que não vou falar
Não faz diferença
O mais importante eu vou te mostrar

Eu fico preso, eu saio ileso
Eu armo voo, eu venho e vou
Minhas asas e sentença
Você é a minha pena

Motivo para fazer voar
Voo que faz motivar
Circulo vicioso sem fim
De uma ponta eu em você
E na outra você em mim

De leveza e de pureza
De prisão sem obrigação
Nessa pena eu me prendo
Cheio de contentamento

A pena que faz rir meu agrado
Uma pena seria sem você ao meu lado.


- Vinicius Neves
Postar um comentário