24 de novembro de 2011

POESIA URBANA


Um passo no espaço
Um de cada vez é o que faço
E para quem achava que eu não me levantaria
Subi mais forte, criei uma dinastía

Nem sempre as coisas dão certo para investir
O investimento não acaba enquanto eu não desistir
Na cidade é dificil encontrar um sentimento verdadeiro
Gente que quer viver de sonhos, se alimentando de pesadelos

O brilho no olhar se apaga com a cidade e a sua opacidade
Mas só quando se esquece a fé e deixa passar a oportunidade
Todo cuidado é pouco para não se deixar iludir
Com toda palavra em vão que insiste em perseguir

Deserto super populado, recanto de miragens
Onde horizontes de concreto são chamados de paisagens

A estrela e o avião
A nuvem e a poluição
A esperança e a cidade
O sorriso e a falsidade

Me mostre um sentimento no meio de tudo isso e eu te mostro o que é saudade.


- Vinicius Neves
Postar um comentário