26 de abril de 2012

COISAS PARA TEMER DE MANHÃ


Há pessoas que se fazem de laranjas
Eu pessoalmente faria lima
Procuram em lugares errados a sua consolação
Enquanto outras procuram forças no sagrado coração

No metrô da nossa vida não tem metro que possa medi-la, nem encontrar nosso paradeiro
É uma festa sem esperança, sem socorro e sem brigadeiro
Procuramos em todas as estações a vila das belezas
Mesmo que para isso corramos como trem-balas cheios de incertezas

Temos que escolher entre a liberdade e o paraíso
Pois um não pode conter o outro mantendo os mesmos risos

Esperamos que nossas clínicas nos encham de saúde
E voltamos cheios de doenças
Água branca e podre de nossos açudes
Que bebemos com falsa diadema

Observamos estudantes e doutores de corrupção
Enquanto somos burros de carga, eles passeiam de carrão
São Judas que não procuram redenção na santa cruz de Jesus
Se atolam em barra funda enquanto procuram por um pouco de luz.


- Vinicius Neves
Postar um comentário