3 de outubro de 2012

PARA QUE O NORTE JAMAIS SEJA PERDIDO


Se parar pra pensar bem, tive uma vida muito boa
Houveram muitos problemas e dificuldades, muitas coisas que magoaram e que fizeram com que meu coração tivesse sido esmagado e pisoteado.
Mas no final nas contas, na grande maioria das vezes o que restam são só as boas lembranças e o que senti quando elas aconteceram. Acho que essa é a maldição do poeta: a gente não esquece, apenas adormece o que sente.
Uma música, um dia parecido com outro, o clima, o tempo, um dejavu, tudo isso nos tira um rosto solitário no meio das expressões comuns do dia a dia.
Sei que Deus vai me perguntar o que cada pessoa representou para mim, e eu sei que eu não vou falar mal de ninguém, vou falar tudo o que aprendi nesses anos e as experiências que tirei com isso.
Por mais que em muitas pessoas as lembranças doam, comigo não é bem assim. É sempre um sorriso que aparece! Sempre! Foram momento bons e únicos, até que me fizessem mal, nada pode mudar o fato de que me fizeram muitíssimo bem.
Isso também não quer dizer que quero voltar com alguma delas, houve tempo para tudo, cada pessoa teve o seu tempo no meu tempo, e dificilmente o tempo se cruza denovo, pelo menos comigo tem sido assim.
Então o que resta para cada uma dessas pessoas é o meu desejo de felicidades. Sério mesmo!
Quero que sejam felizes, aprendam, cresçam, somem, multipliquem, e que possam encontrar a tão sonhada felicidade que nos tira o sono no meio na noite, que nos deixa pensativos ouvindo alguma música bonita ou que traga lembranças doces ou amargas.
Cada um segue o seu próprio caminho e o caminho é sempre direcionado a isso, estarei orando até o fim de meus dias para que o norte de vocês jamais seja perdido.


- Vinicius Neves
Postar um comentário