16 de dezembro de 2013

A PASSAGEM


Eis que o poeta se derrete à luz do dia
Ser que administra suas mais densas trevas com maestria
Que sonha em mudar o mundo se entregando de corpo e alma
Para ver que seus sonhos são passados a cada um que os observa com calma

Ir ao inferno ou aos céus no mesmo sentimento, na mesma frase
Fazer o que é fogo diminuir a chama, fazer com que o frio se abrase

O poeta é o maior dos amantes
Ama pessoas, sentimentos, palavras, consoantes
Se envolve com a vida, mas flerta com a morte
Soma de tudo, sem subtrair quase nada, até onde suporte

Pouco almeja, pouco deseja, muito anseia
Se ilude em seus próprios pensamentos como em um canto de sereia
Não vive de forma egoísta, integra o universo dentro de si
Suas muitas definições se acotovelarão para sempre ali

Que o futuro reserve um tempo de sossego, de liberdade
Também de desapego - e que tudo seja multiplicado com intensidade
Porque enquanto todos descansam seus corações ao anoitecer
O coração do poeta jamais deixou seu coração adormecer.


- Vinicius Neves

6 de dezembro de 2013

UMA VEZ ME DISSERAM QUE REBELDIA ERA ERRADO - E O QUE ISSO TEM A VER COM NELSON MANDELA


"Rebeldia é errado" - Era o que eu mais ouvia na minha adolescência.

Discordo dessa opinião e se você tiver um mínimo de mente aberta, vai ler o porque acredito nisso - é claro que você pode discordar e se rebelar contra meu ponto de vista, não vou te censurar.

Defendo o ponto de vista que nada - e absolutamente nada - de bom que tenha acontecido na história da humanidade tenha vindo antes de algum ato de rebeldia contra o sistema imposto.
Sistemas, governos, instituições, e tudo o mais a qual é regido quase que inteiramente por uma única força, frente, grupo, ou até mesmo pessoa; podem fazer o que bem entendem com as pessoas que estão "abaixo" de sua chefia. E boa parte (para não dizer grande maioria) das vezes, toda pessoa que detém tal poder acaba cego sobre as necessidades do próximo e toma atitudes que satisfaçam apenas o seu bel prazer, que favoreçam seus interesses. E exemplos não faltam para isso.

Abraham Lincoln disse uma vez que para testar o carácter de um homem, basta que lhe dê poder. Quase todos estão suscetíveis à própria corrupção.

A rebeldia por sua vez dá força e ideais acima da influencia corrompida e abafada - que faz de tudo para que as pessoas não evoluam, raciocinem e pensem por si mesmas. O Sistema só trabalha para resolver os problemas do Sistema e não da maioria, não os problemas do povo.

Os maiores homens da história foram rebeldes. Eram exatamente esses que andavam no meio do povo e não se escondiam por trás de uma mesa. Eram aqueles que falavam para o povo e não sobre o povo. E esses mesmos rebeldes, quando alcançaram sua forma almejada de "poder" - eles não mudaram, não se transformaram, não se corromperam, continuaram sendo do povo e para o povo. E isso inspira, transforma e muda corações.

Nelson Mandela sabia disso. E foi nisso que ele investiu sua rebeldia. Foi preso, humilhado, acusado de forma infame de traição; mas foi persistente, investiu em seus sonhos e pensamentos.

Vejo que a maior importância dele não foi apenas com sua luta contra o Apartheid e segregação racial. Nelson Mandela foi um ícone de luta, esperança e perseverança.

Suas palavras, formas de pensar, atitudes e lutas se refletiram em muitas outras pessoas. E - correndo o risco de eu parecer idealista demais - preferiu usar o poder dar palavras, da paz e do amor ao invés das armas e da força. O mundo perdeu um idealista dos mais ferrenhos e um humanitário sem igual. Dizem que uma simples conversa com Mandela era o suficiente para fazer com que olhássemos a vida de uma forma completamente diferente.

Nelson Mandela é uma parte importante da história da humanidade (não apenas da raça negra), assim como foi Martin Luther King, Malcon X, e tantos outros. Mas foi uma parte mais importante ainda na história da rebeldia - e de como as pessoas que acham que isso é errado são limitadas e despretensiosas.


- Vinicius Neves

12 de novembro de 2013

MEU ESPETÁCULO PARTICULAR


Hoje cedo eu abri meus olhos e vi um espetáculo:
Te ter junto a mim, dormindo ao meu lado
Seja nos fins de semana ou depois de um filme à parte
Aprendi que para viver coisas boas nunca é tarde

Amo cada pedacinho e detalhe que te faz ser quem você é
Desde os sorrisos infantis até a convicção forte de mulher

O seu queixo que treme toda fez que te falo alguma coisa bonita
Até mesmo o brilho no seu olhar que é a prova do que a gente acredita
O sorriso aberto quando digo que te amo ou quando chego em casa
Fortalece nossa vida, mantém quente nossa brasa

Eu te vejo, te enxergo, te observo e te gravo
Você é a rosa chorona, e eu o teimoso cravo
Conto a realidade em parábolas para que fique mais bonito
E eu possa te fazer entender que te amo daqui até o infinito.


- Vinicius Neves

23 de outubro de 2013

AS FLECHAS QUE PERCORREM POR NOSSAS VIDAS


Uma flecha é atirada na escuridão da madrugada
Ela reflete pensamentos, histórias, ilusões e alternativas de destino
Por onde ela passa os olhos se iluminam e transcendem suas histórias
Olham mais adiante sobre caminhos que não tomaram, ações que não concluíram

É dessa forma que a grande concha de retalhos que chamamos de vida se estende por cima dos trançamentos do tempo
O que foi jamais voltará a ser, o que poderia acontecer jamais será da forma que é

Ou seria tudo igual ao que imaginamos, a beleza dessa flecha está na inconformidade, na incerteza, na esperança dos sonhos

A flecha percorre pelas ruas, casas e avenidas
Atravessa corações, transforma vidas, muda pensamentos, traz de volta o brilho do olhar
Em algumas outras pessoas faz com que as sombras tomem conta dos pensamentos e assumam suas escolhas como um carrasco prepara o machado, a forca ou a guilhotina

Somos donos de nossos dias, dos que já passaram e dos que ainda hão de vir
As flechas só nos alertam de coisas que insistimos em tentar esquecer
Mas que nunca poderemos deixar para traz
Por já fazer parte integralmente de nós.


- Vinicius Neves

16 de setembro de 2013

O BAÚ DAS LEMBRANÇAS


A vida é assim mesmo; o tempo voa, as lembranças correm soltas e os pensamentos ficam imersos.

As coisas boas que passamos vão ficando guardadas em um baú trabalhado à mão. Lá as fotos e roupas velhas são substituídas por lembranças, pensamentos, saudades e carinho daqueles que já se foram, do que ainda estão por aqui, dos que estão apenas distantes.
Algumas pessoas são afastadas apenas pelo tempo - e não por sua importância - tanto que quando o espaço decide nos aproximar acabamos redescobrindo que o tempo não mudou nada.

Amor de verdade é assim; é mais que paixão. É carinho, é saudade, é consideração, são bons desejos, bons votos, fé de que tudo vai dar certo para essas pessoas e que se um dia precisarem, você sempre estará lá por elas.

O tempo às vezes é um pouco cruel, faz questão de nos tirar aqueles a quem amamos de perto. Castiga nosso corpo, nossa liberdade, nossa pele. E tudo que um dia foi acaba se juntando ao baú das lembranças.

Apesar de todas as dificuldades, brigas, desentendimentos, no fundo sempre vai restar a esperança de que esse amor e carinho retorne depois de te-los solto por tanto tempo - como um bom amigo confiável que deu sua palavra - sempre vai voltar, cedo ou tarde, porque é assim que as coisas boas trabalham.

Quando por fim fecharmos nossos olhos em sono eterno, usaremos o resto da fé para lembrar que vivemos ao lado de pessoas maravilhosas e que um pequeno pedaço delas estará viajando conosco, guardadas para sempre no coração.

Obrigado por fazerem parte disso.


- Vinicius Neves

12 de setembro de 2013

IDENTIDADE DE UM PENSAMENTO


Esses dias fui cortar o cabelo no Donizete, um cara muito gente boa, de raiz humilde, muita carga de vida - sempre tento aprender alguma coisa ouvindo ele.

Ele estava lá perguntando:
- Quer que passe a um dos lados e tire em cima com a tesoura?
- Pode ser, Doni.

Conversa vai, conversa vem, ele acabou me falando que acharam na rua do salão um documento de identidade de alguém que ninguém conhecia. Comentei que eu tinha como encontrar a pessoa pelo documento.

Resumindo um pouco a história, achei o telefone do cara e descobri aonde ele trabalhava, era um fast food pertinho de casa. Peguei o carro e fui encontrar o rapaz.

Cheguei no restaurante, pedi para chamarem ele que tinha um documento perdido em mãos para devolver; ele apareceu ainda meio que sem entender direito e quando mostrei o RG dele, ficou feliz da vida e disse que estava doido atrás desse documento.
Logo me despesei com o pensamento de tarefa cumprida e ele me abordou dizendo que se eu quisesse poderia pedir o que quisesse do menu que ele iria providenciar sem nenhum problema ou custo, poderia ser lanche, esfiha, pizza, qualquer coisa.

Agradeci sorrindo e expliquei que não tinha necessidade, que é meu dever como cidadão devolver algo que não é meu, sem precisar de nenhum tipo de recompensa.
E é nisso que acredito: se temos a chance, a oportunidade e as condições de fazer o que é certo, devolver aquilo que não é nosso e ajudar ao próximo, devemos fazer isso. Temos o dever moral de fazer para os outros aquilo que gostaríamos que fizessem por nós. Sei o como é chato, trabalhoso e custoso perder um documento desses.

À partir do momento em que temos uma atitude desse tipo, isso pode se transformar em um exemplo e a pessoa que recebeu essa gentileza passar esse tipo de pensamento adiante, ajudando sempre que puder os outros. É coisa simples, mas é fundamental - e pode mudar o mundo a longo prazo, quem sabe?

Se eu fiquei com vontade de pegar uma pizza grátis? É claro, adoro essa porcaria! Mas se fizesse isso, o valor da minha atitude poderia se perder e a gentileza poderia não ser repassada a terceiros, e é aí um dos lugares em que eu guardo minha fé: de que os frutos de minhas boas atitudes sejam sempre passados adiante.

Para que receber algo físico em troca? Afinal de contas a recompensa por uma verdadeira boa ação será sempre a própria ação em si.


- Vinicius Neves

10 de setembro de 2013

MENINA-FRUTA


Lá vem a menina-fruta
Mais doce que açúcar
Mais colorida que a primavera
Tão forte quanto cravo e canela

Capaz de alimentar os sonhos mais estranhos
Consegue ser a melhor safra dos últimos anos
Levou embora as folhas secas e frutas cheias de podridão
Trouxe de volta o sol, a chuva e todas as cores da estação

Se tornou o resultado dos bons frutos da esperança
Planta os melhores sentimentos com um coração de criança
Dela se faz doce, bolo e refresco
Esse sabor é provado desde o olhos até os beijos

Tem a língua e lábios suaves
Os pássaros a seguem e em seu caminho brotam árvores

Ela acalma os nervos como maracujá
Pode fazer um plebeu se sentir um marajá
É afrodisíaca como nenhuma outra é
Sensual da ponta dos cabelos até a ponta dos pés

Faz bem pra vista, pro sangue, prolonga a vida e fortalece o coração
Te dá forças contra todos os males e não tem contra-indicação.


- Vinicius Neves

4 de setembro de 2013

UMA CASINHA NA MONTANHA


Essa terra é tão inerte, tão sem graça, tão estranha
Melhor mesmo seria fugir para as colinas, morar numa montanha

Jogar o violão nas costas
Um bloco de papel no bolso
Uma caneta presa na calça
A gaita passando pelos lábios

A mente viajando pra mais longe
Além das limitações, através do horizonte

Uma vida simples faria com que eu tivesse muito a ver
Muito mais que essas complicações da vida moderna, tão cheia de baderna
Que quer sempre me dizer o que fazer, o que vestir ou como ser

Fugir das falsas conexões, dos falsos cânticos de vitória
Dos vizinhos falsos que inventam histórias
Eles gostam de distribuir suas mentiras pela cidade
Menos - infelizmente - no buraco em que perderam sua dignidade

Mas sim, uma casinha na montanha faria bem
Lá eu escutaria apenas a natureza e mais ninguém
Abriria a porta de manhã e veria um universo inteiro recomeçar
À minha frente uma calmaria tão presente que eu seria capaz de tocar.


- Vinicius Neves

3 de setembro de 2013

SEM REGALIAS PARA AS INCERTEZAS


Tentei de tantas formas fazer o que sempre quis
Mudar o mundo ao seu redor para que fosse feliz
Se sentir arrepiado ao conversar com esse alguém
Só faz pensar mais nele. Você me faz tão bem.

O medo presente na incapacidade de talvez errar
Talvez viver, talvez ser insuficiente, talvez mudar
São tantos caminhos, que é quase impossível pensar por outras vias
São muitos "talvez" para quem quer trazer o melhor aos seus dias

É difícil entender como funciona essa máquina
Confusa locomotiva em meio à fumaça

Que o sorriso enlouqueça menos meus sentidos
E que os olhos possam também ser os ouvidos
Que a pele possa ser apenas a unica sensação
Que passeia por sonhos de um nostálgico coração

Você faz parte deles

Esse recanto de possibilidades não é tão simples quanto poderia
Mas é assim um dia de trabalho do meu peito, sem nenhuma regalia
Os meus sonhos eu faço levantar todos os dias, e a noite os ponho de volta na cama
A revolução maior está nas mãos e nos olhos de quem ama.


- Vinicius Neves

24 de agosto de 2013

NÃO HAVERÁ ESTÁTUAS PARA OS HERÓIS DESSA GERAÇÃO


Hoje quando acordei me bateu um pensamento:
O que será do meu amanhã? Pensei logo cedo

Há uma luta por detrás do nome, e o nome é desconhecido
Escondido atrás de uma alcunha sem ser percebido
Não haverá estátuas para esse herói das sombras
Haverá, quiçá, a multiplicação das ações dessas honras

A morte, a prisão, a tortura
O esquecimento, a falta do olhar de ternura
Não sei o que é pior, até quando irá durar essa luta?
Enquanto quem me ama sofre e eu minto: "não te preocupa"

Muitos irão cair até que o verdadeiro mal suma desse País
Onde todos poderão esquecer dos revolucionários e voltar a ser feliz
Se encontrarão num amanhã diferente, a vida finalmente vai mudar
Enquanto muitos desses guerreiros não estarão mais lá para aproveitar

Pois que seja feito assim o futuro
Daremos a vida por um mundo melhor, isso eu asseguro
Não precisam lembrar de meu nome, prometo que não lamento
Apenas não deixem que essa luta caia no esquecimento

Os anos passarão, e muitos colocarão em duvida no que crer
Mas alguém esteve aqui. Morreu e lutou por você.



- Vinicius Neves

21 de agosto de 2013

HERÓICOS


O grito dos desgraçados ecoa pelo mundo e atropela meus ouvidos

Também são lidos em cartas que poderosos fingem não saber ler
Distante da liberdade e da lei que um dia juraram proteger

Quem poderá renegar de parte de sua vida para lutar por alguém que nem conhece?
Certamente serão os guerreiros anônimos que ouvirão suas preces

Sem louros da fama em seu próprio nome
São todos o mesmo rosto
São todos o mesmo homem

Ou mulher, quem sabe
O mundo desconhece suas faces

Os inimigos mostram sorrisos amarelos
Desfilam em carros luxuoso, sempre usam caros ternos

Os benfeitores se escondem na penumbra
Ninguém os reconhecem nas ruas

Nada importa além de que a justiça seja feita
Plantamos a semente da justiça para que no futuro seja essa a colheita

Os maus nos temem
Que assim seja até não sobrar nenhum algoz
Os bons nos apoiam
Os heroicos se juntam a nós.


- Vinicius Neves

16 de agosto de 2013

A NOSTALGIA QUE É VIVER


As lembranças nostálgicas são aquelas que nos perseguem até o fim de nossos dias
Acompanham filmes, lugares, fotos, cheiros, melodias
O toque do telefone que emaranhava os pensamentos e embrulhava o estômago
Para alguns restaram os passos dados ou a falta de atitude que hoje são guardadas do âmago

As loucuras dos dias jovens, das atitudes impensadas, dos sentimentos intensos
Das burradas feitas, dos sorrisos lançados, dos corações imensos

Sempre cabia um novo amor

É difícil envelhecer, né? Estou ouvindo uma banda que gostava quando era adolescente e a nostalgia é sempre imensa quando escuto.
Minha adolescência foi muito boa. Apesar dos sentimentos conturbados, foram os momentos mais intensos da minha vida.

A gente aguarda com tanta ânsia o momento de sermos donos do próprio nariz e conhecermos o mundo. Mas aí quando isso acontece outras prioridades vão aparecendo e o seu mundo vai se tornando outro. Admito, mais sem graça. Descobrimos que o mundo não é tão legal para se conhecer, e que a vida não é feita só de coisas boas e momentos marcantes.

Por isso é necessário viver intensamente e às vezes abrir mão da razão. Não deixar nenhum arrependimento pra contar história.
Mas as lembranças, as namoradas, os grandes amigos, os tombos, as expectativas, as novidades...

São coisas que só o tempo irá mudar...

Será?


- Vinicius Neves

8 de agosto de 2013

INFELIZMENTE SOU MAIS UM DEPENDENTE


Estou de saco cheio dessa vida virtual
Comprada pelo preço da privacidade como se fosse algo essencial
Somos convencidos de que nossas vidas pertencem a esse espaço
Criamos e nos juntamos a muitas redes, mas desvinculamos cada vez mais nossos laços

Infelizmente sou mais um dependente

Poderia trocar facilmente a imagem da seringa com agulha infincada nas veias por portas USB
Injetando Terabytes de informações que não posso conter
Poderia trocar, quem sabe, um amor de carne osso por um amor virtual
Desses que não aquecem o corpo, apenas se juntam às milhões de fotos de números que se denominam de forma generalizada como "Amigos" em meu mural

E por falar em muros, muros para que?
A informação é uma bagagem que não pode se conter.
Lemos, curtimos, compartilhamos, aprendemos, ensinamos, tudo ao mesmo tempo sem parar
Apenas esquecemos de nos informar aonde nosso coração pode descansar

Um frenesi da atualidade que arrebata nossa realidade

Me dando conta disso tudo, pensei que o que eu sentia era tristeza
Mas era apenas saudade, de uma normalidade antiga com bem menos frieza.


- Vinicius Neves

30 de julho de 2013

VIOLÃO DE CIGANA


Os olhos repousaram no corpo angelical de soneto
Os dedos eram como fitas de seda que balançavam contra o vento
Se movimentava como uma cintura de cigana
Enfeitiçando meus sentidos como a brisa do Outono sobre a rama

Sem duvida que era um corpo de violão
As notas estavam doidas para sair da boca, tocadas por minhas mãos
Doravante sua Regência, Minha Factível Solar Lascívia Sinuosa
Que és música, canto, rima, prosa!

Destoa minha voz em seus ouvidos, pois sou carente de ti
Desboto meus receios pelo desejo ardente que vem de mim
Que os corpos se entrelacem e formem um elo, um emaranhado, um nó
Que de teus lábios eu construa um novo dia, um mundo melhor.


- Vinicius Neves

10 de julho de 2013

ASSIM SOU EU


Quando acredito que não posso te amar mais do que amo
Você me abre um sorriso e me surpreende
Os dias se passam no mais profundo marasmo
Mas quando te vejo, tudo é festa, tudo é carnaval

Você me procura o dia inteiro, e eu sei disso
Sei que quando está no trabalho não vê a hora de me encontrar
Não vê em ninguém mais aquilo que pode encontrar em mim
Assim como você é única e insubstituível para esse poeta

Não vou rimar, não vou enfeitar as palavras, vou apenas sentir

As palavras vem descendo por meus dedos enquanto escrevo isso
Os sentimentos escorrem por entre os gestos e olhares
Tudo enquanto penso em você, sempre vou pensar em você
Não importa quantas vezes nos vemos, sempre sinto saudade

Sobra a falta que tenho dos seus beijos, dos seus abraços de suas juras de amor
Como um adolescente que não espera o próximo dia para viver intensamente
Assim sou eu, sou eu assim pensando em minha amada
Minha imaginação navega, meu corpo ancora, meu coração afunda em ti.


- Vinicius Neves

4 de julho de 2013

UM AMOR MAL CURADO


Um amor mal curado - é isso que me aflige

É saber que lá fora alguém pode estar tocando em seus lábios, dos quais jamais provei sabor.
Poder sentir no doce um intruso gosto de salgado, que é a ferida desse amor.
É tentar aceitar que seu abraço e suas mãos estarão longe de mim para acalmar meus receios, enjaular meus medos e sumir com minhas angústias.

Amor mal curado, necessito de uma cura para o mal desse amor.

Dizem que um amor novo cura um amor antigo, mas isso não aconteceu.
Misturei tantos caminhos nessa estrada, que meu pensamento se perdeu.
Nem na primeira, nem segunda, nem terceira, e começo a desconfiar que nem mil amores serão capazes de solucionar o mistério do aroma desse cabelo que impregnou em minhas narinas, do fenômeno que é a calmaria que repousa em teu sorriso.

Ninguém seria capaz de transformar essa alma atormentada por suas escolhas da vida e a deixar lúcida com suas pendências resolvidas.

As escolhas desse velho coração foram para proteger minha amada, mesmo que isso custasse minha lucidez, minha sobriedade.
Para que eu servisse de escudo para o fio dessa espada, que me ataca todos os dias sob as luzes artificiais dessa cidade.

Derramo-me aos prantos dos choros matinais, vespertinos e noturnos; do sofrimento silencioso que cala minha boca e aparece de relance na tristeza de meus olhos.

Meus sonhos que provavelmente jamais se concretizarão definem um rumo para minha história e para que o amor dê o seu aval:
Carregar todo o peso do mundo até meu corpo sucumbir e levar minha lamentação até o final.


- Vinicius Neves

CORVOS NEGROS


A vida nunca foi bela
E sentado na rua
Queria dizer isso a ela
Enquanto pensava nela nua

Sua pele era branca
Como deveria de ser
Pele corada é pra quem?
Pra quem deseja viver

(Não sei o que aconteceu
E se o erro fosse meu?)

Corvos negros
Abra os selos
Olhe o céu
Tire o véu
Respire fumaça
Nada é de graça
Tudo faz sentido
Não dê ouvidos

(Não sei o que aconteceu
E se o erro fosse meu?)

Velas apagam na janela
Estou comendo carne crua
Não tente ser discreta
Não é obrigação tua

Sua pele era branca
Como deveria de ser
Pele corada é pra quem?
Pra quem deseja viver

(Não sei o que aconteceu
E se o erro fosse meu?)

A mancha de sangue no tapete
Eu tenho fome, eu tenho sede
Só mais um fruto da violência
Chore agora por sua clemencia

Corvos negros
Abra os selos
Olhe o céu
Tire o véu
Respire fumaça
Nada é de graça
Tudo faz sentido
Não dê ouvidos

Corvos negros
Abra os selos
Olhe o céu
Tire o véu
Respire de graça
Tudo é fumaça
Tudo tem ouvidos
Não faz sentido.


- Vinicius Neves

24 de junho de 2013

JOGANDO DADOS


Então num momento de delírio, viu-se despir de seus medos jogou-se de um abismo, rumo ao desconhecido, na esperança de que alguém o segurasse.

O tempo se desdobrou e duas realidades foram observadas.

Fora em uma acolhido por sua amada e seu sacrifício não fora em vão.
Lutou por força de vontade e por fé de que algo miraculoso pudesse acontecer.

Na outra caiu em silêncio por metros e metros de olhos fechados. E quando achou que o amor se aproximava para pegá-lo, na verdade era o chão que decidira ficar parado, esperando o inevitável.


- Vinicius Neves

18 de junho de 2013

A REVOLUÇÃO CHEGOU AO BRASIL


Durante muito tempo fazer piada era a forma do brasileiro mostrar sua indignação com os problemas que sempre sofreu: corrupção, pobreza, desemprego, falta de segurança, falta de voz, dentre tantos outros.
Fomos condicionados a crer que jamais mudaríamos algo e o pequeno conforto - agora entregue facilmente como um belo "cala a boca" do governo - nos mantinha na inércia de apenas reclamar nas filas de banco, nos elevadores, nos sofás e agora com toda a tecnologia: pelo twitter, facebook, etc.
Por mais jovem que eu seja com meus 25 anos de idade, durante muitos anos sonhei com o dia em que houvesse a gota d'água e o povo se levantasse para ir às ruas. Não é equivocado garantir que pensei nisso quase todos os dias da minha vida nos últimos 10 anos.

Nos últimos dias uma força praticamente desconhecida conseguiu juntar milhões de pessoas simultaneamente pedindo atenção para os problemas que o governo tanto ignoram com a sua péssima administração.

E quem diria? A gota d'água viria por 20 centavos. Não que eu ache pouco, pelo contrário, acho um abuso. Nunca entendi o porque do transporte publico ser pago, o país viver numa democracia mas ser obrigado a se alistar aos 18, ou até mesmo obrigado a votar. Entendo a importância de cada um, só não entendo o porque da obrigação.

Estive cobrindo pelo Anonymous Brasil a manifestação de ontem em São Paulo. Andei muito, foram cerca de 4 ou 5 horas caminhando, gritando, filmando. E o que posso afirmar a todos que estão lendo isso é: foi lindo, foi único, foi necessário.

Andávamos pelas ruas, e quem estava nos prédios balançavam toalhas e panos brancos como símbolo de apoio a nossa luta, alguns pararam do lado de fora de seus carros para nos aplaudir, outros ainda nos reverenciavam de suas sacadas em sinal de respeito.

Polícia? Não vi quase nenhum. A impressão que tive é que os poucos que vi tinham vontade de entrar no meio da multidão e se unir a nós.
Um dos gritos de protestos mais repetidos foi: "Que coincidência, sem a PM, não teve violência.".

Os manifestantes de São Paulo foram para três lugares diferentes com três grupos diferentes. O meu foi da Avenida Paulista, houve o grupo que foi parar na Globo subindo na famosa Ponte Estaiada e o terceiro grupo chegou até o Palácio dos Bandeirantes pela Marginal Pinheiros - que a propósito foi dominada e fechada, coisa que eu nunca tinha visto sem algum interesse financeiro. Felizmente tinha amigos em todos os grupos e pude saber exatamente o que estava acontecendo. Gritos como "Ei, Globo, vai tomar no cu!" e "Ei, Dilma, vai tomar no cu!".

A mídia disse que foram 250 mil pessoas. Eu particularmente discordo. Eram tantas pessoas que era impossível saber aonde começava ou terminava a caminhada nos três grupos. Aliás, para que levar em consideração o que ela fala, não é mesmo? As pessoas viram e ouviram que a mídia mente, manipula, joga por interesses. Até mesmo os mais acomodados conseguiram notar isso.
No inicio do movimento, a alguns dias atrás, a mídia falava que éramos vândalos, arruaceiros, baderneiros... foi aí então que a mais eficaz arma de repressão do governo fugiu do controle. Os cães que secretamente guardavam uma sede quase incontrolável de sangue receberam uma ordem do governador: desce a bala.
Foi motivo para fazer aquilo que ansiavam. Praticamente uma carnificina de estudantes, jornalistas e até mesmo de transeuntes que não tinham nada a ver com nada ali.

A mídia se sentiu traída pelo seu amiguinho governo. E a verdade foi vinculada fortemente pela internet. À partir do momento que a mídia não conseguiu convencer mais do que os fatos, ela mudou o diálogo. Agora ela ensina a como protestar passo a passo, fala de liberdade, fala sobre direitos, critica a polícia.

Mas ontem não, ontem o povo fez diferença. O Brasil tremeu e os governantes se esconderam debaixo de suas camas.
Ontem o Brasil realizou um sonho e os governantes não conseguiram dormir.

O Brasil não quer Copa do Mundo, não quer Olimpíadas, não quer Copa das Confederações, não quer Expo 2020. O Brasil quer ser levado a sério, e quer agora.

O orgulho que senti ontem nas ruas foi sentido por outras milhões no País inteiro. Dentro e fora das ruas.
Ainda há muito mais lutas pela frente, mas uma coisa é certa: a revolução chegou e chegou para ficar.



- Vinicius Neves

13 de junho de 2013

CAFÉ DOS DIAS FRIOS


Ele pediu um café.
Pediu por vontade, necessidade, por vício.
Essas manhãs frias pedem algo que esquente o corpo; o ideal é sempre um café fresco por dentro e um amor quente por fora.
Queimou um pouco a ponta da língua e a ponta dos dedos. Ainda não estava bom para tomar.

O vento soprava lá fora carregando dezenas de folhas do outono. Uma parte sua também era varrida, e ele não sabia dizer qual.

O preto do café, o cinza das ruas, o branco do céu; parece que tudo faz parte da escala de cores de sua realidade. Um sorriso amarelo, as bochechas rosadas e os olhos vermelhos.

Muito açúcar para compensar a falta de doçura dos seus dias. O mundo tornara-se odioso e já não esbanjava a alegria e beleza de outrora. A descoberta da verdade por trás dos seres que povoavam esse planeta o atormentavam junto com o perdido pedido de tomar uma bebida quente anos atrás. Os olhos cansados, os pés vacilantes e o sono que insistiam em fadigar eram a prova disso.

O que há de se fazer? O dia, o mundo, e os olhos não vão mudar de uma hora pra outra.

- Mais café, por favor!


- Vinicius Neves

22 de maio de 2013

O CORAÇÃO É BARCO


O coração é barco
Nele eu navego, nele eu naufrago

Que leva nossos sentimentos para trás e para frente
Não tem leme, nem remo, e até mesmo o mastro é ausente
Navega nas águas do desconhecido, acima da razão
Só para entender o quão belo é estar à deriva nesse mar de ilusão

Muitas pessoas navegam conosco, e nunca sabemos quando irão partir
No marasmo ou na tormenta, é imprevisível quem irá ir ou vir

Esse barco às vezes é forte e indomável
Vai de vento em popa da forma mais viável
Por vezes é tão fraco que fica a sacolejar
Balançando a cada marola nesse mar

Procurando por ouro, pérolas, e tudo mais que a isso se resume
Encontrei o maior dos tesouros
A rosa dos ventos me traz o vento das rosas que é o teu perfume.


- Vinicius Neves

10 de maio de 2013

AO SEU LADO


Não importa como ou aonde eu esteja, sei que quero você do meu lado

Os dias, semanas, meses e logo serão os anos acumulados como livros em disponde
São longos quando olhamos para trás, mas quando olho para você o tempo se esconde
A cada respiração acredito que não poderia te amar mais do que a anterior
Para logo em seguida perceber que não há limites para esse amor

É algo novo, diferente, e que nunca provei igual
Uma mistura de sabores de um manjar matinal
Naveguei por tantos lugares procurando apogeus
E o que recebi graciosamente foi uma dádiva de Deus

A sua presença faz dias melhores
A sua presença faz melhores acordes
A sua presença sossega meu verso
A sua presença infinita meu universo

O tempo pode passar, a vida mudar, o mundo girar
Não importa como ou aonde você esteja, é ao seu lado que sempre quero estar.


- Vinicius Neves

25 de abril de 2013

O UNIVERSO DO POETA


Amor
Amor esse que devasta os pensamentos de quem ousa permitir
Aonde a idade não importa, vence o tempo e o mundo

É o que sinto por você o tempo todo

Não paro de pensar, os pensamentos pulam um em cima do outro e antes que sejam finalizados são esmagados por outro.

O poeta passa muito tempo sem esquecer de quem já passou pelo seu tempo
Quando ele jura amor eterno, jamais consegue se livrar desse amor
Isso acontece porque o poeta não é como os outros seres viventes - que só vivem deles mesmos
Ele vive e faz viver através das palavras, e elas são como promessas

Por isso quando jura amar, ele guarda para sempre
O tempo pode passar e novas amantes aparecerem, mas assim como o Universo, o coração do poeta está em constante expansão, e nessa imensidão, cada pessoa tem seu lugar.

O poeta não vê isso como um caminho de volta, e sim como uma passagem de ida para as coisas do futuro.
A saudade bate, pois o poeta sabe muito bem ver as coisas boas nos corações alheios. São essas coisas que ele registra para si. É nisso que ele sente saudade enquanto as pessoas distribuem essas coisas boas para o mundo ao seu redor.

É como se fosse um ciclo vicioso que o poeta consegue parar para olhar por fora da situação.

Mas o poeta é forte, apenas mentaliza e utiliza essas ferramentas para continuar escrevendo e se inspirando.


- Vinicius Neves

O CORPO, O PEITO, O SONHO


O corpo - congelou e expulsou o pensamento de reentrada
O peito - fez mais de meia hora de parada
O sonho - me levou para onde eu nem desejava ir
Minha Sombra é traidora e gosta de me perseguir

Aquele sonho me levava até o corpo daquela musa
Tocava seu corpo por debaixo de sua blusa
Sentia entre meus dedos aquela pele macia, delicada e quente
Esperando que o resto de meu corpo apreciasse logo esse deleite

A tomei em meus braços
Pude sentir sua respiração umedecer meus lábios e eriçar meus sentidos
O corpo daquela mulher me desejava e o meu se mostrava aflito
Porque eu queria aquilo, queria me apossar daquelas curvas
Qualquer receio ou desistência não passavam de águas turvas

Meu corpo penetrou no dela deslizando facilmente para os prazeres
Prazeres esses que tomavam conta de nossas bocas, olhares e dizeres
Estava tão excitada que não houve barreira alguma que me impedisse de senti-la
Suas expressões de desejo sendo saciado sob meu corpo a fazia rutilar

Quando ambos já estavam bêbados e saciados de tanto tesão
Os corpos se desprenderam suavemente e deixaram de lado a ilusão
Acordei em meio a madrugada enganado por tamanha realidade
Desejando de toda a força que aquilo tivesse acontecido de verdade.


- Vinicius Neves

DO CAFÉ AO PÓ


Como é dificil dizer que tudo acabou
Pra fora do peito sei que nada mudou
Mas aqui dentro o vazio encontrou espaço
Meus pés além de não tocar o chão, agora estão descalços

Sei que te prometi tanto e nunca chegou o tempo que eu sempre quis
Te abraçar bem forte, de um momento para a vida inteira - e ser feliz

Sei que você gosta de café, e eu sei como é
Quando a gente brinca de amor, não sabe aonde botar os pés
A cabeça voa longe do tempo e flerta com a imaginação
De juntar emoções com razões sem ouvir reclamação

É quando vazamos um pouco de nós mesmos através dos olhos
Desse líquido cheio de vivências, mas que não pode trazer vida.


- Vinicius Neves

SEGREDOS


Tudo o que guardamos dentro de nós um dia nos cobrará o preço de sua companhia.

Quero contar tudo
Não posso contar nada

O tudo se torna nada no silêncio que completa as palavras abafadas de meu coração

Os olhos procuram no escuro aquilo que viram de olhos fechados

Nada mudou
Nem mudará

Não me moverei para fazer as coisas acontecerem, pois isso seria egoismo de minha parte
O melhor para as pessoas é me manter calado e sofrer em silêncio

Melhor seria se eu sumisse e deixasse alguém me fazer o grande favor de me presentear com uma bela amnésia.


- Vinicius Neves

24 de abril de 2013

PAIS, AVÓS E MAIS VELHOS


Olho para as gerações anteriores e lembro dos ensinamentos que foram passados a mim.
Observo o máximo possível para usá-los com as novas gerações - ensinamentos esses que são transmitidos através das palavras, ações ou até mesmo gestos.

Não há valor igual ao conhecimento dos mais velhos, nele preparo minha vida para o futuro e me desprendo do passado.

Vejo que o tempo e a experiência nos afastam dos homens, mas nos deixam perto de Deus; pois conforme os anos se passam, tudo aquilo que era descartável para a vida vai sendo deixado para trás, até chegar ao único motivo de minha existência: a intimidade com o Criador.

É desnecessário lembrar que a nossa vida nessa terra passa rápido, pois ao homem foi ordenado nascer e morrer uma vez só. Porém, o pouco tempo nessa terra não se compara ao longo tempo de nossas memórias, que continuarão com os mais jovens; é nesse momento que sei que Deus usa todos vocês, patriarcas e matriarcas da familia, para me inspirar somente com as coisas boas que vem do coração de Deus e me afastar de tudo aquilo que não vem Dele.

Por isso eu agradeço a todos vocês por me darem sempre a oportunidade de aprender com vocês, saibam que vocês tem a minha admiração e meu respeito.


- Vinicius Neves

2 de abril de 2013

ECDEMOMANIA


Vamos sumir
Encontrar na estrada a saciedade em fugir
Perambular pelo mundo procurando deleitar a alma no universo
Desvirar o ego, jogar fora a preocupação para se jogar no incerto

O primeiro passo é difícil, mas entender que um de cada vez é necessário
Com os galhos e pedras no caminho eu faço um rosário
Rosa dos ventos que trazem os ventos das rosas
A linguagem da poesia no olhar, a língua que conversa em prosa

O fim de tarde vermelho que traz o vento da noite clara
O nascer do dia revigorante que afugenta tudo o que me abala
Como um nômade qualquer, como um desbravador de terras
Um escravo foragido do quilombo que soltou suas aferras

Aonde estiverem a planta de meus pés, será minha nação
Viajar para nosso destino desorientados, sem rumo, sem direção.


- Vinicius Neves

13 de março de 2013

VOCÊ DEIXOU SAUDADE


Naquele dia eu decidi que não decidiria mais nada
Meus pensamento perturbaram minha trilha nessa estrada

Você disse que não tinha pressa e que isso era uma promessa
Porque quando o amor é verdadeiro ele sempre retorna por inteiro

Peguei minha mala e subi clandestino num trem desgovernado
Ali dentro encontrei outros perdidos por todos os lados
Éramos nós que desistíamos do mundo antes mesmo de tentar
O pensamento era barato e o futuro tinha muito a ofertar

Sempre me disseram que o que era fácil não devia ser bom pra vida
Mas nunca me disseram que desistir de alguém poderia ser pior ainda

Juntei cada pedaço de mim para montar algo melhor que essas construções
Desisti tantas vezes que até perdi o manual de instruções

Você fez falta e eu tive que aguentar a dor calado
Falar não era  bem o problema, as palavras é que não saiam como o ensaiado

Nunca importou o tempo, os rumos e a idade
Quando te dei meu coração você deixou saudade.


- Vinicius Neves

8 de março de 2013

POR CIMA DOS MUROS DA ALMA


O peito faz batuque maior que um atabaque de guerra
Mistura os sentimentos como algo que jamais aconteceu por essa terra
Se acotovela com os pulmões que parecem ficar na ponta dos dedos através dos muros da alma, para tentar ver o que o coração tanto olha
Só sei que não quero tirar os olhos de você, não importa a hora

Ai ai, queria poder escrever muito mais coisas, mas minha alma foi passear depois de se deparar com você
Enfeitar as palavras e descrever como cada centímetro de seu corpo é pouco perto do meu querer

É tão clichê, mas seus olhos e sorrisos me fazem tentar bailar em teus sentimentos
Tua cintura tem as curvas que meus caminhos precisavam para chegar além destes momentos

O mundo inteiro se cala para apreciar a sua passagem
Teus cabelos vão balançando ao vento fazendo com que todos iniciem sua própria viagem
Que esse pobre poeta possa simplesmente ficar feliz em mostrar
Que com sua presença aos meus olhos fez todo o resto mudar.


- Vinicius Neves

7 de março de 2013

A TUA FALTA


Quando te conheci, foi inspiração a primeira vista
Em teus olhos achei que tinha encontrado sua forma mais bonita
Na verdade não, encontraria mais adiante
Seria minha amiga, minha parceira, minha amante

Hoje sobra a falta de você
Os olhos vagueiam cansadamente ao meu redor buscando te ver
Depois de tantos meses ouvindo o sentimento, agora preciso escutar um pouco a razão
Para que o futuro tenha alguma chance de ser melhor, estando juntos ou não

Mas é a tua falta que me faz perder o sabor da comida
É a tua falta que me faz ignorar qualquer outra que não seja a senhorita
Essa falta que aconteceu por excesso de marcação
Que fez tirar meu time de campo enquanto não havia reversão

Essa tristeza que traz de presente o passado
Esse medo que dá arriscar uma vida ao seu lado
Que um dia isso também termine, nem que seja um tiquinho
Juntar denovo na mesma mesa o achocolatado e o capuccino
Para seguir de vez nosso caminho.


- Vinicius Neves

6 de março de 2013

DE UM CHORÃO PARA O CHORÃO


Durante muitos anos eu escrevi sobre muitas coisas, muitas histórias, muitas situações, muitas pessoas, tudo tão igual e ao mesmo tempo tão diferente.
Tive minha fase mais punk, minha fase revoltado, minha fase babaca, minha fase rapper, minha fase largado, minha fase libertina, minha fase romântica.
Durante esse tempo todo eu chorei muito, tanto que me considero como o poeta ou o profeta chorão. E nisso eu sei que me pareço com um dos caras que foi parte integrante de todos esses dias, sendo dias de luta ou dias de glória.

Hoje passei o dia inteiro tentando ser forte, acho que a ficha não tinha caído que ele havia partido. Larguei muitas coisas da vida passada, e com isso esqueci algumas músicas que durante todos esses anos foi a presença de caras que com sua música me ajudaram a me expressar de uma forma pura e largar um pouco essa loucura do mundo que tanto tenta fazer parar meu coração vivendo nesse absurdo.

Quantas vezes eu já cantei Charlie Brown Jr. para alguma garota tentando conquista-la? Quantas vezes eu deitei no meu quarto cansado do mundo e de coração partido acreditando que ela vai voltar, achando que ela é proibida pra mim?
Talvez tenha sido a primeira banda de rock que eu quis imitar, pobre vocalista de araque que sou.
Querendo ou não, as letras desse cara repercutiram muito na minha cabeça e me ajudaram a ser o que eu sou hoje em dia - gostem ou não.

Embora ele tenha deixado saudade, eu sempre vou agradecer e lembrar de um cara que eu nunca conheci, mas sempre o considerei como um grande amigo - essa amizade imaginária parecia inofensiva, mas me dominou.

- Vinicius Neves

1 de março de 2013

QUEM DISSE QUE É RUIM CAIR?


Quem disse que é ruim cair?

As pessoas frequentemente falam para as pessoas se levantarem de seus problemas, sair do chão; tem que ficar de pé a qualquer custo, nem que seja à pulso.

Olha, acho que essas pessoas que falam muito isso nunca estiveram no chão para saber como é. Ok, não é legal, nem agradável, muito menos prazeroso. Mas é de lá que dá pra enxergar todo o contexto das coisas. Às vezes é até inteligente se fazer de caído para ver até onde as coisas, pessoas e situações vão. É de um aprendizado sem igual estar de baixo das situações.
Estar no chão não é vergonha - é passagem - para um caminho e um futuro muito melhor.

Então da próxima vez que algum amigo se sentir no chão, acho que é muito mais válido mostrar que está do lado dele, seja de pé ou caído; do que fazer ele renegar esse momento de aprendizado único.
Poucas são as coisas que se conserta de cima. Geralmente é o contrário - quase tudo se conserta por baixo.
Se tá no chão; deita, descansa e aprecie um pouco a vista.

- Vinicius Neves

27 de fevereiro de 2013

OVERDOSE


Eu estava caminhando sozinho quando você passou e me ofereceu carona.
Seguíamos adiante e você me ofereceu uma dose de você mesma.
Os efeitos colaterais vieram a seguir: fiquei eufórico, eu tinha fome, mas agora já não tinha mais.
Desci perto de uma estreita estrada que ia por um caminho silencioso e solitário, me vi levado até o alto de uma montanha e de lá eu deveria pedir perdão de meus pecados.
Percebi que para me redimir eu deveria pular deste penhasco para ver até onde ele chegava.
Era fundo demais, meu coração queria sair pela boca, mas ele saiu pelo papel.
Chegando perto do fim fui desacelerando e vi que lá no fundo havia você novamente; me esperando deitada, olhando para cima, esperando eu cair do céu em seus braços. Mas eu nunca os larguei, minha vida sempre foi uma overdose de você.


- Vinicius Neves

19 de fevereiro de 2013

QUANDO VOCÊ CRESCER UM POUCO


Não tem nada mais proveitoso que ver, ouvir e aprender com suas próprias histórias e as histórias das pessoas ao seu redor.
É um conhecimento que somado a outras experiências adquiridas com o tempo o tornará uma pessoa melhor, mais inteligente, mais desperta, mais esperta, e poderá aproveitar muito melhor o seu tempo.
Quero fugir um pouco (mas não muito) dos velhos jargões de sempre; como amar.
É essencial, também é básico.

Tenha um tempo sozinho.
Estar com outras pessoas é muito importante, a gente se identifica e se une com pessoas que representam um pouco daquilo que somos; mas somos seres que estão em constante mutação. No corpo, nos pensamentos, nas atitudes. E é sempre necessário ter um tempo sozinho, fazendo algo que gosta, saindo, tanto faz. Isso faz com que possamos conversar melhor com o nosso eu interior.
Também não podemos ficar dependentes de outras pessoas, temos sempre que buscar nossa própria independência para que possamos estar sempre com os pés no chão, não importando a situação.

Não queira aquilo que não pode ter, mas lute por aquilo que você deveria ter.
Somos egoístas, sem exceção. E temos uma forte tendência em querer aquilo que não podemos ter no momento.
Quando temos algo que é viável e palpável, nos o ignoramos. Basta isso ficar proibido que o queremos novamente. Não faça isso. Poucas coisas doem tanto como se prender em coisas e pessoas que não vai poder alcançar, especialmente quando o que na verdade você procura é você mesmo ao invés daquilo/daquele que agora está distante de suas vontades.

Faça arte.
Se alguém me perguntar o que ajuda uma alma a se libertar, eu direi: a arte.
Em todos seus aspectos a arte é libertadora, seja com dança, atuação, desenho, música, ou tantas outras formas variadas. Experimente dar ênfase a algum hobbie artístico que você tenha durante algum tempo e sentirá que cada vez mais sua alma se sentira deitada as beiras de um lago de calma e tranquilidade.

Doe - a curto, médio e longo prazo.
A verdade é uma só: as pessoas no mundo precisam de doações. Isso não é apenas pragmatismo. Você pode doar muito mais do que imagina; seja alimentos, roupas, brinquedos, tempo, dinheiro e até mesmo órgãos (nesse caso, a longo prazo, quando já forem inúteis para você).

Viaje.
Uma vez li a frase essa frase: "Viajar é a única coisa com que se gasta dinheiro e que te deixa mais rico".
A lógica é realmente por aí! Ainda digo mais: não viaje para lugares em que todos vão. Busque conhecer lugares que não são comuns, que são diferenciados, que possam agregar em sua vida conhecimento distinto do normal. Faça isso periodicamente; aproveite para conhecer novas pessoas

Aprenda.
Cada um tem suas próprias habilidades, facilidades e etc. Mas quem disse que não é possível aprender coisas novas? De fato, isso é algo que sempre será proveitoso tanto para o seu dia-a-dia como para sua própria auto-estima. Aprender coisas novas significa desbravar novos conhecimentos e evoluir suas experiências.

Peça perdão.
O perdão liberta, é isso. Todos nós erramos, todos somos falhos. Perdão não é sentimento, é atitude. Quando você entender e por isso em prática, a sua própria evolução não terá limites.

Respeite.
Tenha respeito pelas pessoas ao seu redor, por seus empregos, realidades, vidas, experiências e palavras. Fazendo isso você obterá respeito também.

Conheça novas histórias.
Tenha interesse em saber a história das pessoas que atravessam o seu caminho. Sempre haverá oportunidades para se aprender e desfrutar de bons pensamentos. Todos nós temos carência de atenção e doar um pouco disso enriquece tanto a quem fala como a quem escuta.

Quebre os hábitos.
Você não é o mesmo de ontem. Nem o mesmo de outrora. Você está em constante mudança e isso exige que você quebre alguns hábitos. Desde os mais pequenos que você carrega por anos até outros maiores. Em boa parte das vezes os hábitos são ferramentas da preguiça e da estagnação.

Seja a mudança que você quer ver.
Você pode não ter percebido ainda, mas certamente é influência para alguém. Seja algo bom, olhe fundo no coração das pessoas, lute por elas, seja um ombro amigo ou um braço forte, seja um sinal de revolução.

Faça sua vida valer a pena e seja uma inspiração.


- Vinicius Neves

18 de fevereiro de 2013

EXEMPLO DE MULHER


Meus olhos passearam por suas curvas como um pequeno barco desliza por grandes marolas no mar
Suas curvas eram de uma perfeição tão poética que até a garota de Ipanema correria o risco de invejar

Não havia exageros, nem para menos, nem para mais
Todas as atenções antes desse momento ficaram para trás

Os lábios se tocavam no vazio
O ar ao redor se tornara frio
Tamanho calor dos corpos e do desejo
Que ardiam como supernovas e seu gracejo

Inviabilizava o momento, coisas de burocracia
Talvez no sorriso acanhado da noite, ou no sorriso de mãnha do dia

Mulher da boa vontade, do amor forte
Que faz sem alarde, sem perder o norte
Matéria-prima de um sonho, doa a quem quiser
Um pedaço de tentação, um exemplo de mulher.


- Vinicius Neves

7 de janeiro de 2013

PILULUCA


Quando eu tocar as notas dos seus braços no meu violão, te transformarei em melodia
Melodia para melhores dias

Eu quero ser o homem que você espera, o homem que te desperta
Almejar comprar seus sorrisos oferecendo meu coração como oferta
Ser seu despertador de beijos, seu acalentador de alma
Antes era salva-vidas, mas graças a você agora sou uma vida salva

Todo meu esforço é pouco, você me dá conforto sem precisar de teto
Todos meus caminhos sem você são tortos, mas o que segue sua direção é sempre reto
Me dá sorrisos sem precisar de piadas, precisando apenas de toda sua cinese
Me traz conquistas sem precisar de lágrimas, é felicidade que se preze

Juntar todos os meus caminhos ao seus durante toda minha vida é o que chamo de viável
Se juntasse tudo o que escrevi ou que escreverei, ainda sim seria inefável
Tamanho amor se torna melhor ainda que incrível ou irresistível
Por todos os meus dias de dádivas sempre farei e sempre será inevitável.


- Vinicius Neves

ESMERO PARA UMA MUSA


As curvas de teu corpo é que são poesia
Não essas simples palavras escritas em um guardanapo qualquer

Seu sorriso que é uma licença poética infalível; livre de críticas e de receios de erros ao afirmar que é lindo, perfeito e inspirador.

Os cabelos que se misturam em tons diferentes de castanho e mesclam-se com as belezas naturais do seu ser, saltando à minha vista para que desligue meus pensamentos e acenda a luz de meu coração que quase sempre se perde no escuro de seus olhos.


- Vinicius Neves