24 de junho de 2013

JOGANDO DADOS


Então num momento de delírio, viu-se despir de seus medos jogou-se de um abismo, rumo ao desconhecido, na esperança de que alguém o segurasse.

O tempo se desdobrou e duas realidades foram observadas.

Fora em uma acolhido por sua amada e seu sacrifício não fora em vão.
Lutou por força de vontade e por fé de que algo miraculoso pudesse acontecer.

Na outra caiu em silêncio por metros e metros de olhos fechados. E quando achou que o amor se aproximava para pegá-lo, na verdade era o chão que decidira ficar parado, esperando o inevitável.


- Vinicius Neves
Postar um comentário