1 de setembro de 2014

O FILTRO DE SONHOS


Envolto na escuridão na noite
Faço meus pensamentos dançarem
A madrugada traz seu açoite
Do frio que fez se calarem

Sonho faz tua vigia pelas mentes mortais
Gerenciando e configurando seus desejos e seus ais

Como um mero súdito, venho me embebedar
Aproveitar das águas inspiradoras do Sonhar
Fonte que mata minha sede de ilusão enquanto neste mundo, confinado
Tendo apenas o trabalho de sonhar acordado, redigindo o que me foi confiado

Tentando roubar o máximo de conteúdo possível da biblioteca dos meus livros que nunca verão a luz do dia
Tirar um pouco da riqueza das terras do além-pensamento, e trazer um pouco para esse lado em primazia
Assim não havendo Desejo de Delírio e Desespero, nem a Destruição virá fora de meu Destino
Para que quando encontrar a Morte, parta como um verdadeiro sonhador e não como um pesadelo de menino.


- Vinicius Neves
Postar um comentário