12 de dezembro de 2014

CRÔNICAS DE UM NATAL REPETITIVO


O fim de ano chegou e misturou tudo, como sempre faz;

Misturar as emoções é o que fim de ano gosta mais

Dá até - talvez - pra chamar ele de 'Misturador'

E por mais boas que tenham sido as lembranças desse ano, o que não faltou foi a 'dor' no 'Misturador'
Dor de ver o tempo passar depressa - mas que pressa é essa?
Só pra revalidar mais um ano de promessas?

Também é o tempo de juntar os amigos e a família

Trocar presentes
"É pavê ou pácumê?"
Roberto Carlos Especial 
Ano novo, sempre o mesmo Natal.

Independente de qualquer coisa, e em todo o povo

É que o ano começa tudo denovo

E mesmo que ele não seja do mais perfeito
 

Temos o privilégio de lutar um dia a mais, quem sabe até direito

Porque afinal de contas as datas passam, o ano acaba, e as festividades se vão
Mas o motivo de se acreditar e lutar por um ano melhor que o anterior, não.


  - Vinicius Neves
Postar um comentário