23 de setembro de 2016

PERSONAGENS


O senhor de cabelos grisalhos que pede um pingado e pão na chapa na padaria logo cedo.
A mulher que tenta entrar no banco com uma bolsa do tamanho de um utilitário, mas é barrada na porta giratória.
O lixeiro de condicionamento físico impecável que corre, pula, joga, e se pendura no caminhão de lixo.
O frentista de posto simpático que mesmo não sendo "obrigado" pergunta se pode calibrar os pneus ou lavar os vidros do carro.
O idoso que agradece a Deus por cada refeição.
A pessoa da rede social que é muito mais bonita nas fotos que na vida real.
O operário que elogia a garota na rua, sem reparar o quão grosseiro é isso.
O revolucionário de internet que não faz mais que compartilhar notícias (muitas vezes falsas), e não busca a real fonte da informação - porque é muito inteligente para fazer isso.
O ambulante de farol que vende amendoim e que se diz passando por necessidade, mas se recusa a aceitar um trabalho fixo.
O vendedor de doces de rua que se recusa a deixar os filhos trabalhando no lugar dele.
A pessoa que atravessa fora da faixa, dá uma corridinha (porque viu um carro se aproximando), mas desacelera no meio do caminho como se não atrapalhasse da mesma forma.
A musa fitness que não é tão magra pessoalmente.
A pessoa com currículo enfeitado por palavras bonitas para explicar funções simples.
O militante político que não aceita que pode estar errado sobre o que pensa.
O adolescente que quer ser adulto antes da hora.
O adulto que queria voltar a ser criança.
O cara que toca violão nos encontros da turma.
O bagunceiro da ultima fileira.
A estudante que chora com notas abaixo de 9,0.
O preguiçoso que vibra quando tira nota na média.

A vida é feita de clichês.






- Vinicius Neves
Postar um comentário