1 de novembro de 2017

PRECISO DE CHUVA


Preciso de chuva para lavar a alma, lavar as calçadas
Deitar no sofá, fechar os olhos e relaxar, sabendo que lá fora a chuva limpa as ruas
Esquecer de qualquer receio e me lavar nela também, como fazia quando era criança

Saudade de parar alguns minutos da minha vida só para sentir a chuva gelada me encharcar
Lembrar que depois dela vem sempre um bom banho quente e aquela sensação de que um peso saiu das costas, foi dissolvido pela chuva

"Você vai se molhar!" - e daí? Criamos algum tipo de pavor de molhar as roupas, molhar os cabelos, os sapatos. Nada disso irá durar para sempre, nada disso será seco para sempre.

Os trovões assustam e impressionam. Cortam os céus por quilômetros e fazem seus relâmpagos clarear os céus cinzentos.


- Vinicius Neves
Postar um comentário